segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Historiador Eric Hobsbawn morre aos 95 anos em Londres


Morreu na manhã desta segunda-feira aos 95 anos o historiador britânico Eric Hobsbawn, após uma longa pneumonia que o manteve internado por meses em Londres.

A informação foi confirmada pela filha do historiador, Julia. Hobsbawn morreu às 6h locais (3h em Brasília) no hospital Royal Free, na capital britânica.

"Ele será uma grande perda não só para sua esposa Marlene, seus três filhos, sete netos e um bisneto, mas também para milhares de leitores e estudantes em todo o mundo", informou um comunicado feito pela família.

Seu último livro foi "Como Mudar o Mundo", publicado em 2011.Uma das principais referências no estudo da história no século 20, o autor publicou mais de 30 livros, incluídos "História do Século 20 --de 1914 a 1991", "Guerra e Paz no século 20" e "A Era dos Extremos".

Filho de judeus, o historiador nasceu em 1917 em Alexandria, no Egito, na época em que o país árabe era uma colônia britânica.

Aos dois anos, mudou-se para Berlim e em 1933 para Londres, com o aumento do poder de Adolf Hitler na Alemanha.

Hobsbawn também era conhecido por sua relação com a esquerda. Em 1936, entrou no Partido Comunista inglês, do qual foi membro durante décadas até se desiludir com a União Soviética após a invasão à Hungria, em 1956.

Nenhum comentário: