segunda-feira, 5 de novembro de 2012

4 de novembro de 1979: Estudantes islâmicos tomam embaixada americana em Teerã

04/11/2012 - 13:15 | Enviado por: Lucyanne Mano


Armados com paus e correntes, e gritando "morte aos Estados Unidos", estudantes islâmicos invadiram a embaixada americana de Teerã, capital iraniana, pela segunda vez, desde a Revolução de fevereiro, e tomaram como reféns 98 pessoas. A princípio, a ação parecia uma das muitas manifestações que o governo americano vinha enfrentando em todo o mundo.

A primeira impressão se desfez assim que os estudantes divulgaram as primeiras imagens dos reféns amarrados e vendados, exigindo a deportação do xá Reza Pahlevi para libertá-los. O ex-soberano iraniano fugira do país no início daquele ano, após o sucesso da Revolução islâmica encabeçada pelo aiatolá Khomeini, e encontrava-se em território americano em tratamento contra um câncer.

Uma das razões que levaram o governo americano a acreditar numa rápida solução para o problema foi o desfecho da invasão anterior. Na ocasião, um grupo guerrilheiro muçulmano ocupou a embaixada, transformando o embaixador e 70 funcionários em reféns. Horas depois, por interferência direta de Khomeini, todos forma libertados com um pedido formal de desculpas ao governo revolucionário.

Para continuar lendo clique aqui.
Fonte: JBlog

Nenhum comentário: