segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Hoje na História: 31 de dezembro

NASCE A RAINHA DO ROCK BRASILEIRO RITA LEE
31 de dezembro de 1947

No dia 31 de dezembro de 1947 nascia, em São Paulo, Rita Lee Jones Carvalho, cantora, compositora e atriz conhecida como a “Rainha do Rock Brasileiro”. Com mais de 30 discos, ela já vendeu 60 milhões de cópias de seus discos, tornando-se a cantora brasileira que mais vendeu na história da música brasileira. Rita Lee foi também integrante de um dos importantes grupos do rock nacional, os Mutantes, entre 1966 e 1972, juntamente com Arnaldo Baptista e Sérgio Dias. De estilo psicodélico, Rita gravou seis discos com a banda e foi casada com o também integrante Arnaldo, entre 1968 e 1972.

Depois disso, Rita formou a banda Tutti-Frutti, mas a gravadora Phillips exigiu que o grupo assinasse como Rita Lee & Tutti-frutti, entre os anos de 1974 e 1978. Em 1975, a banda lançou com sucesso o disco “Fruto Proibido”, pela Som Livre, e Rita conquistou a consagração nacional. No ano seguinte, ela conheceu o músico carioca Roberto de Carvalho, com quem começou uma parceria musical e amorosa de sucesso que segue até os dias atuais. Com Roberto, Rita Lee teve três filhos: Beto (1977), João (1979) e Antônio (1981). Em 1991, Rita separou-se profissionalmente de Roberto para fazer um trabalho mais “Bossa 'n' Roll” e um rock mais purista. O casal só voltaria a se apresentar no mesmo palco em 1995. Além de sua carreira de sucesso como cantora e compositora, Rita Lee também já participou de novelas, comandou programas na TV e trabalhou em projetos de rádio. Ela também admitiu problemas com álcool e drogas durante vários anos de sua vida, mas fez tratamento e disse estar livre dos vícios desde 2006.



MORRE PÉRICLES DE ANDRADE MARANHÃO, CRIADOR DO PERSONAGEM AMIGO DA ONÇA
31 de dezembro de 1961

No dia 31 de dezembro de 1961 morria, no Rio de Janeiro, o cartunista Péricles de Andrade Maranhão. Ele fez bastante sucesso nos anos 40 e 50 e foi o criador do personagem “Amigo da Onça”. Nascido no dia 14 de agosto de 1924, no Rio de Janeiro, ele começou a carreira em publicações dos Diários Associados, de Assis Chateaubriand, com “As aventuras de Oliveira Trapalhão”, publicadas na revista “A Cigarra”. Em 1943, Péricles passou a trabalhar na revista “Cruzeiro”, onde publicou as histórias do “Amigo da Onça”, personagem que ganhou grande popularidade no Brasil. Satírico, irônico e crítico de costumes, o “Amigo da Onça” aparece em diversas situações, desmascarando seus interlocutores ou deixando-os em situações embaraçosas.

O sucesso do personagem, contudo, atormentava Péricles, que mesmo assim desenhou o “Amigo da Onça” durante 17 anos. Com uma personalidade atormentada, o cartunista se matou na noite de 31 de dezembro de 1961 em seu apartamento no Rio de Janeiro, abrindo o gás. Antes, fixou na porta um cartaz com o seguinte aviso: "não risquem fósforos".

Fonte: THC

Nenhum comentário: