quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Museu Imperial de Petrópolis restaura Berlinda de D. Pedro II


Carruagem era usada em eventos solenes na época imperial.
A peça foi restaurada e será apresentada ao público no próximo sábado (15).
O museu Imperial de Petrópolis, na Região Serrana do estado, deve expor ao público no próximo sábado (15) a Berlinda de Aparato de Dom Pedro II, carruagem usada pelo imperador em eventos de gala. O Museu vai realizar uma cerimônia para apresentar a peça às 12h30, com entrada gratuita. A cerimônia acontecerá na Sala da Batalha de Campo Grande, no Museu Imperial. O endereço é Rua da Imperatriz, 220, Centro, Petrópolis.
O projeto foi realizado com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura e com o patrocínio de uma empresa do município. Durante o processo de restauração, a peça ficou às vistas do público na Galeria de Restauro, para que os visitantes interessados acompanhassem a evolução do trabalho. Com o sucesso do projeto, os organizadores do Museu Imperial cogitam a restauração pública de outras obras.
“O trabalho de conservação e restauração da berlinda do imperador d. Pedro II foi elaborado a partir de um projeto de pesquisa minucioso e detalhado, sobre a história da berlinda, bem como o contexto histórico, social, político e cultural em que ela se insere." disse Eliane Zanatta, responsável pelo Laboratório de Conservação e Restauração do Museu e coordenadora do projeto.
Segundo ela, vários profissionais foram envolvidos no processo de restauração. "[Participaram] biólogos, conservadores, engenheiros, historiadores e historiadores da arte, restauradores e ainda profissionais artesãos especialistas em metais e bordados da comunidade petropolitana, cujo trabalho constitui uma raridade nos dias atuais”, concluiu.
A berlinda nunca pessou por um processo tão completo na sua história. A intervenção permitiu, além de resgatar a beleza da obra, aprofundar os estudos sobre os métodos de sua manufatura.
De acordo com o Museu, foram encontradas as marcas dos artesãos que trabalharam na construção da carruagem. Segundo os estudos, ferreiros, marceneiros e bordadeiros participaram da montagem da peça, concluída em 1835.
A Berlinda
A carruagem é trabalhada em madeira e ferro com ornamentos em prata, ouro e pintura que remete, com janelas de cristal e assentos em veludo. O veículo era movido a oito cavalos.
A berlinda de aparato foi construída pela firma britânica Pearce & Countz, fornecedora da Casa Real Inglesa, especialmente para a cerimônia de sagração e coroação de d. Pedro II, ocorrida no dia 18 de julho de 1841. Era utilizada pelo imperador em ocasiões solenes, como os casamentos de suas duas filhas, a abertura e o fechamento da Assembleia Geral.
Fonte: G1 

Nenhum comentário: