segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Hoje na História: 07 de janeiro

MORRE CARLOTA JOAQUINA DE BOURBON, PRINCESA DO BRASIL
07 de janeiro de 1830

No dia 7 de janeiro de 1830 morria, no Palácio de Queluz, em Portugal, Dona Carlota Joaquina Teresa Caetana de Bourbon e Bourbon, rainha consorte do reino unido de Portugal, Brasil e Algarves e rainha consorte de Portugal por seu casamento com o Dom João VI. Nascida no dia 25 de abril de 1775, em Aranjuez, na Espanha, ela também foi imperatriz do Brasil por alguns poucos dias. Carlota Joaquina ficou conhecida como a “A Megera de Queluz”, por ter ficado isolada no palácio após conspirar contra seu marido.

Com apenas 10 anos de idade, ela teve seu casamento arranjado, no dia 8 de maio de 1785, com o infante português D. João Maria de Bragança, futuro Dom João VI. Ambos nunca tiveram uma relação harmoniosa por longo tempo, e Carlota Joaquina gostava de se intrometer na política e de impor suas vontades. Em 1807, quando Portugal foi invadido, o casal veio ao Brasil juntamente com D. Maria I. Os dois, no entanto, viviam em palácios separados, reunindo-se apenas quando obrigados, em ocasiões solenes. Enquanto ficou no Rio, entre 1808 e 1821, D. João VI governou o Império Português e Carlota Joaquina mostrou muito de sua conturbada personalidade.

Com a revolução do Porto em 1820 e a morte de D. Maria I (em 1916), D. João VI, então rei, decidiu retornar para Portugal com a família real. Sentindo que sua morte estava próxima, D. João VI nomeou um conselho de regência para sua sucessão, presidido pela sua filha Isabel Maria de Bragança. Desta forma, Carlota Joaquina estava fora da linha sucessória, algo inédito já que sempre na história portuguesa a sucessão ficava com a rainha viúva enquanto houvesse menoridade ou ausência do herdeiro no país. No dia 10 de março de 1826, faleceu D. João VI. Afastada dos filhos e isolada, Carola Joaquina morreu alguns anos depois, no dia 8 de janeiro de 1830, e está enterrada ao lado do marido, no mosteiro de São Vicente de Fora, em Lisboa. De seu casamento, com D. João VI nasceram nove filhos, dos quais três eram homens.

Fonte: THC

Nenhum comentário: