quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

26 de fevereiro de 1937: Prestes depõe em julgamento por crime de deserção

26/02/2013 - 10:39 | Enviado por: Lucyanne Mano


O Conselho Especial de Justiça, da Auditoria do Departamento do Pessoal do Exército, presidido pelo Coronel Francisco de Paula Faria Junior, reuniu-se no quartel da Polícia Especial para ouvir Luis Carlos Prestes, acusado de crime de deserção.
Em suas primeiras palavras, Prestes declarou que, preso há mais de um ano, não sabia o motivo de seu julgamento. A resposta veio do auditor que recapitulou todos os antecedentes do processo, entre eles a acusação de planejar e deflagar a Revolta Vermelha, conduzida pelo Partido Comunista.

Para continuar lendo clique aqui.
Fonte: JBlog

Nenhum comentário: