quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Programa Momento Patrimônio da UPFTV discute ensino da história missioneira

Foto: Divulgação/UPF
Pela segunda vez, o Sítio Arqueológico de São Miguel é cenário da gravação do programa
O programa especial Momento Patrimônio, que irá ao ar nesta sexta-feira (1º/03), às 21h, pela UPFTV, tem como assunto o ensino das Missões em sala de aula.  Este será o segundo programa gravado no Sítio Arqueológico de São Miguel, declarado em 1983 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), como Patrimônio Cultural da Humanidade, atraindo até hoje, público escolar e turistas de diversos países do mundo.

O penúltimo programa da segunda temporada do projeto Momento Patrimônio vai reunir as professoras do Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) da UPF Gizele Zanotto e Ironita Policarpo Machado, e a arte-historiadora e professora da Faculdade de Artes e Comunicação (FAC) da UPF Jacqueline Ahlert, que irão discutir a relação entre o patrimônio histórico e artístico missioneiro, bem como a educação patrimonial como processo contínuo de aprendizagem e a história missioneira como elemento de constituição de identidade dos rio-grandenses. Também vão abordar questões referentes ao patrimônio material e imaterial das Missões, que constituem a história e a memória do Rio Grande do Sul.

Gravado nas Ruínas de São Miguel, localizadas no município de São Miguel, o Momento Patrimônio será exibido nesta sexta-feira pelo canal 4 da TV aberta ou canal 8 da NET. A reapresentação acontece no domingo (03/03), às 22h.

Projeto premiado
O projeto Momento Patrimônio, realizado pelo curso de História da Universidade de Passo Fundo, com o apoio do Museu Histórico Regional, do Arquivo Histórico, da Rádio 99UPF e produzido e exibido pela UPFTV, recebeu o prêmio Darcy Ribeiro, do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), autarquia federal, vinculada ao Ministério da Cultura, edição 2012.

O prêmio foi publicado no Diário Oficial da União do dia 19 de novembro de 2012. O Prêmio Darcy Ribeiro apoia práticas e ações de educação museal que, por meio das diversas relações de mediação com o público, levam à apropriação, em sentido amplo, do patrimônio cultural, valorizando-o e promovendo sua preservação.



Nenhum comentário: