sexta-feira, 5 de abril de 2013

Há 50 anos, a beatlemania começava sua invasão mundial


No dia 13 de outubro de 1963, os Beatles fizeram sua primeira aparição na televisão britânica. Foi o começo oficial da beatlemania, que já dava passos largos desde o lançamento do primeiro disco da banda.
A apresentação que John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr fizeram em Londres, em 13 de outubro de 1963, teve tudo do que mais tarde se tornaria um fenômeno mundial: barulho ensurdecedor, adolescente aos berros, doces e bichos de pelúcia sendo atirados ao palco. Políticos britânicos mostravam, então, preocupação com a juventude do país.
Para os músicos, o barulho era tão alto que eles não conseguiam ouvir o que era cantado no palco. A partir daquele momento, quando tocaram She Loves You, o "yeah, yeah, yeah" da música ganhou um outro significado – e tornou-se algo como o grito de guerra de toda uma geração.
Mas a histeria não começou da noite para o dia. No começo de 1963, os Beatles alcançaram, pela primeira vez, o topo das paradas britânicas com o single Please, Please Me. Em 22 de março, o primeiro disco de estúdio da banda, também intitulado Please, Please Me, foi lançado.
O álbum foi gravado em apenas algumas horas no dia 11 de fevereiro, com o repertório que a banda costuma tocar ao vivo. Na última música, Twist And Shout, a voz de John Lennon já estava perceptivelmente rouca. Em abril, eles lançaram o single From Me To You, que também alcançou o número um nas paradas. Uma coisa ficou clara: nunca uma banda tinha gerados, pelo menos na Europa, o nível de entusiasmo que os Beatles tinham alcançado.

Os Beatles causavam histeria e comoção entre os fãs
Passagem pela Alemanha
Obviamente, o fenômeno também repercutiu na Alemanha, onde a banda não era totalmente desconhecida, principalmente em Hamburgo. No começo da década de 1960, os Beatles fizeram diversas apresentações no bairro de St. Pauli, conhecido pela vida noturna, em clubes de rock comoTop Ten e Kaiserkeller. Na cidade, eles lançaram seu primeiro álbum, com a participação do músico Tony Sheridan. Eles causaram uma boa impressão entre traficantes, prostitutas e marinheiros, mas o sucesso só repercutiu localmente.
Anos mais tarde, em 1966, no auge mundial da beatlemania, eles retornaram à Alemanha para uma curta turnê organizada pela revista para adolescentes Bravo. A turnê começou com duas datas em Munique, passou por Essen e terminou de maneira explosiva, entre velhos amigos, em Hamburgo.
Durante os períodos que passaram na área boêmia de Hamburgo, eles fizeram amizade com alguns estudantes de arte alemães, que mais tarde desempenharam papéis importantes em suas vidas e carreiras. A fotógrafa Astrid Kirchherr foi quem aconselhou a banda a deixar o cabelo caído sobre a testa, e não fazer um topete, como era costume entre os roqueiros da época. Assim o corte de cabelo característico dos Beatles foi inventado. O artista gráfico e músico Klaus Voormann concebeu a capa do disco Revolver.

Ringo, John, George com fãs no "The David Frost TV Show" em 1968
Fãs em todo o mundo
Quando a beatlemania começou no Reino Unido, em 1963, repercutiu entre os jovens alemães e franceses, mas com menos histeria. A gravadora dos Beatles em 1964 – ano em que a banda invadiu a América causando enorme comoção – tratava o mercado alemão de maneira particular, lançando versões em alemão de sucessos da banda. Sie liebt Dich é o nome da versão alemã de She Loves You,Komm Gib' Mir Deine Hand foi a tradução de I Want To Hold Your Hand. Hoje, esses singles são objetos de desejo entre os beatlemaníacos.
Pouco tempo depois, não só na Alemanha, mas em todo o mundo, os Beatles viraram uma febre. Em alguns lugares do mundo, até hoje, ainda são. No bairro de St. Pauli em Hamburgo, onde a "maior banda de todos os tempos" começou sua carreira, há um memorial e um museu privado dedicado aos quatro mais famosos rapazes saídos de Liverpool.

DW.DE

Nenhum comentário: