sexta-feira, 12 de abril de 2013

Pibid promove oficinas para qualificar futuros professores


O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), subsidiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e desenvolvido na Universidade de Passo Fundo (UPF) desde 2010, beneficia hoje 240 bolsistas dos diferentes cursos de licenciatura. O programa busca qualificar a formação dos licenciandos no intuito de promover uma educação pública de qualidade. Para tanto, neste semestre, os coordenadores das áreas envolvidas no Programa organizam oficinas para complementar os estudos realizados nos subprojetos e ampliar a capacidade de atuação dos bolsistas.

A primeira oficina, Produção de Textos Falados e Escritos, com planejamento e execução da professora Elisane Cayser, do curso de Letras, acontece em 25 de abril, e é destinada aos bolsistas dos subprojetos de Matemática, Geografia, Química, Física, Ciências Biológicas, Música e História. Já no dia 02 de maio, a oficina é destinada a bolsistas dos subprojetos Pedagogia (Passo Fundo e Carazinho), Educação Física, Artes, Filosofia, Letras Português, Letras Inglês e Letras Espanhol. As atividades dos dois momentos ocorrem no Auditório do Iceg – prédio B5, às 14h.

Pibid na Lei de Diretrizes e Bases
O Pibid encontra-se contemplado na Lei 12.796, de 4 de abril de 2013, a qual altera o texto da Lei de Diretrizes e Bases 9.394/96 para incluir, entre outras questões, os seguintes itens: “A União, o Distrito Federal, os Estados e os Municípios adotarão mecanismos facilitadores de acesso e permanência em cursos de formação de docentes em nível superior para atuar na educação básica pública” e “A União, o Distrito Federal, os Estados e os Municípios incentivarão a formação de profissionais do magistério para atuar na educação básica pública mediante programa institucional de bolsa de iniciação à docência a estudantes matriculados em cursos de licenciatura, de graduação plena, nas instituições de educação superior”.


Para a coordenadora do Pibid/UPF, Marlete Diedrich, tais inserções na Lei de Diretrizes e Bases representam avanços na institucionalização do Pibid e de seu reconhecimento enquanto importante política pública e de estado para formação de professores no Brasil. “A UPF é protagonista neste importante processo, com ações do Pibid consolidadas em diversas escolas públicas de Passo Fundo, Lagoa Vermelha e Carazinho”, relata a professora.

Assessoria de Imprensa UPF

Nenhum comentário: