quinta-feira, 23 de maio de 2013

22 de maio de 1989: O fenômeno Collor vira febre nacional

22/05/2013 - 12:48 | Enviado por: Lucyanne Mano


O fenômeno Fernando Collor de Mello, visível a olho nu nos índices das pesquisas de opinião e na multiplicação dos adesivos nos automóveis nas principais cidades do país, começou a semana ameaçando assumir proporções epidêmicas. "Vou trabalhar agora para ganhar no primeiro turno", proclamou o candidato em Brasília do alto de seus recentes 32% das intenções de voto, conforme o Ibope.

Apresentando-se como inimigo declarado do Governo Sarney, Fernando Collor de Mello se projetou no cenário político nacional com a bandeira "Caçador de Marajás", quando governador de Alagoas. Dono de um discurso imponente, sempre aberto pelo bordão "Minha gente...", proferido com entonação destemida e por gestos de bravura, durante sua campanha atacou as mordomias do funcionalismo público, contestou o descontrole da inflação, e pregou o resgate valores morais, condenando a corrupção. Usando ainda de sua jovialidade, sempre buscava associar a sua imagem à prática de atividades esportivas.

Para continuar lendo clique aqui.
Fonte: JBlog

Nenhum comentário: