sexta-feira, 3 de maio de 2013

45 anos nas páginas dos livros

Foto: Reprodução
Livro faz parte da comemoração do aniversário da UPF
A Universidade de Passo Fundo (UPF) e a Aldeia Sul Editora vão lançar, no dia 7 de maio, o livro Eu e a UPF – Memórias. O evento que acontece na Sala dos Conselhos, no Centro Administrativo, a partir das 10h30min, tem sessão de autógrafos dos autores e  faz parte das comemorações pelo aniversário de 45 anos da instituição.
A obra contém depoimentos de 21 docentes aposentados que fazem parte da história da UPF, e surgiu através da iniciativa dos professores Alcides Guareschi, Jalila Patussi, Irany Comin e José Nicolás, que junto com o jornalista Ivaldino Tasca, trabalharam cerca de um ano no projeto, objetivando mostrar a Universidade como resultado de uma ação coletiva.

Para o jornalista e organizador do livro Ivaldino Tasca, a Universidade é um divisor de águas do município, sendo “fruto da garra, do espírito empreendedor e das contradições do passo-fundense”. Ele acredita que a construção da UPF é um momento de igual importância, tal como a passagem dos tropeiros ou a chegada do trem, o que diferencia é que no desenvolvimento e crescimento da instituição, a população foi ativa.

Crescimento constante
Fundada oficialmente em 1968, a instituição deu seus primeiros passos com cerca de 200 professores, 60 funcionários e pouco mais de 2 mil alunos. Hoje são 900 professores, quase 1.300 funcionários e mais de 22 mil alunos matriculados. Os números são motivo de orgulho para todos aqueles que atuam na UPF. Entre eles o reitor da Universidade e autor do texto de apresentação do livro, José Carlos Carles de Souza. “Tratam-se de relatos de épocas variadas, narrados com a emoção e sensibilidade de quem não apenas testemunhou os acontecimentos, mas os vivenciou também na condição de protagonista”, comenta.


História em relatos e imagens
A edição, que pretende ser a primeira de uma série de volumes, é formada pelos relatos de Acioly Rösing, Adelvino Parizzi, Afonso Heckler, Agostinho Both, Carlos Madalosso, Diva Migliorini, Elli Benincá, Elmar Floss, Elydo Alcides Guareschi, Irany Comin, Irineo Fioreze, Jalila Assis Patussi, José Catharino Ferreira, José Luis Nicolás, Lorena Geib, Milton Serpa Menezes, Orley Tisot, Rosa Coitinho, Rui Getúlio Soares, Selina Dal Moro e Sérgio Oliveira. Além disso, a obra traz uma coleção de 21 fotografias que remontam à cronologia da instituição, evidenciando o seu desenvolvimento ao longo destas quatro décadas e meia de trabalho.

Nenhum comentário: