sexta-feira, 7 de junho de 2013

6 de junho de 1944: O Dia D

06/06/2013 - 12:15 | Enviado por: Lucyanne Mano


Cerca de 3,5 milhões de combatentes aliados desembarcaram de surpresa por mar e ar na Normandia, costa da França, na maior operação de guerra já registrada até hoje, considerada pelo alto comando das tropas como o Dia D – se as tropas fossem barradas pelos alemães, os Aliados perderiam a guerra. Tudo indicava que a vantagem inicial era aliada. Os alemães, que sabiam que uma mega-operação estava sendo preparada mas a esperavam pelo Canal da Mancha, foram pegos de surpresa.

Com exceção da Praia de Omaha, onde a vantagem foi alemã, as tropas aliadas avançaram com sucesso, com apenas 3% do total de 13 mil aviões abatidos. O sinal da invasão – um verso de Paul Verlaine, Blessent mon coeur d’une languer monotone – foi dado pela BBC de Londres, para avisar a Resistência Francesa sobre a operação. Com medo de que uma insurreição geral dos resistentes prejudicasse o sucesso da invasão, o general americano Dwight Einsenhower, comandante do desembarque, e o francês Charles De Gaulle, chefe do Exército da França Livre, lançaram apelos por rádio contra a reação precipitada dos franceses no resto do país.

Para continuar lendo clique aqui.
Fonte: JBlog

Nenhum comentário: