terça-feira, 6 de agosto de 2013

Reforma do Teatro Múcio de Castro é autorizada

réditos: Leonardo Andreoli/ON
Reforma do Teatro Múcio de Castro é autorizada
Prédio pode voltar a receber a comunidade em aproximadamente um ano
Autorização para a licitação da reforma e melhorias do Teatro Municipal Múcio de Castro, integrante do Complexo Cultural Roseli Doleski Pretto, foi assinada na manhã desta segunda-feira (05) pelo prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo. O investimento, em recursos próprios do município, é de R$ 800 mil.

O prédio onde hoje funciona o teatro foi construído entre os anos de 1883 e 1889, servindo como sede do Clube Amor à Instrução. Mais tarde, abrigou o Clube G+Dramático Passo-Fundense, e em 1904, o Clube Pinheiro Machado. O prédio funcionou ainda como escola e sede do poder judiciário e, entre 1940 a 1977, abrigou a Câmara de Vereadores. O Teatro Municipal Múcio de Castro foi inaugurado em 1990.

De acordo com a secretária do Planejamento, Ana Paula Wickert, o projeto de restauração contará com implantação e planta de cobertura do prédio, plantas baixas do mezanino, subsolo e cabine de som e fachadas, além da verificação dos serviços relacionados às instalações hidráulicas e de abastecimento, bem como à destinação do esgoto. “O projeto ainda pode sofrer algumas alterações durante a obra, já que foi elaborado em 2010. O teatro contará com banheiros acessíveis a portadores de necessidades especiais, climatização, PCCI, além de todo o sistema elétrico, que será refeito. A parte externa não sofrerá muitas alterações estéticas, apenas rampa de acessibilidade, cor e o toldo. A estrutura será mantida, o prédio será restaurado. O espaço ficará extremamente confortável”, destacou Ana Paula.

Para o secretário de Desporto e Cultura José Ernani de Almeida, a situação do teatro chegou no limite. “Temos a obrigação de preservá-lo, já que o espaço foi palco da vida política passo-fundense por muitos anos. O teatro deve ser entregue à população para que mais uma vez tenha condições de receber grandes espetáculos culturais” ressaltou Ernani. A secretaria de Desporto e Cultura já está trabalhando também no plano de gestão do teatro, que deverá regrar a utilização do espaço.

O prefeito Luciano Azevedo afirmou que este é um momento significativo para a cidade, por isso foi incluído nas comemorações da Semana do Município. “Estamos cumprindo o compromisso de restaurar espaços públicos da nossa cidade. É, sem dúvidas, um momento de comemoração”, enfatizou o prefeito.
A previsão é que o prédio voltar a receber a comunidade em aproximadamente um ano, após o processo de licitação e a execução das obras. Serão 167 lugares, sendo dois para cadeirantes e dois para pessoas obesas, respeitando a legislação.

Fonte: Prefeitura Municipal de Passo Fundo

Nenhum comentário: