quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

1979: Otan aumenta pressão contra Moscou

Em 12 de dezembro de 1979, os ministros do Exterior e da Defesa dos países da Otan decidiram reforçar o sistema de mísseis de médio alcance na Europa Central com modelos do tipo Pershing II e Cruise.
Aliança militar ocidental reforçou sistema de mísseis de médio alcance
Aliança militar ocidental reforçou sistema de mísseis de médio alcance
Desde maio de 1955, o mundo estava dividido em dois grandes blocos armados: por um lado, os países ocidentais na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). De outro, os soviéticos e seus satélites do Leste Europeu no Pacto de Varsóvia.
As difíceis relações entre os dois blocos tiveram seu auge em 1962. A União Soviética havia começado a construir rampas para o lançamento de mísseis em Cuba, levando o mundo à beira de uma guerra nuclear. A situação normalizou-se sete anos depois.
No início da década de 70, os Estados Unidos e a União Soviética começaram as chamadas negociações SALT, prevendo o equilíbrio no número de mísseis intercontinentais das duas superpotências. A quantidade de mísseis de médio alcance, entretanto, não foi discutida, apesar de os soviéticos disporem de um arsenal bem maior, apontado para os países da Aliança Atlântica.
Vantagem
Moscou havia modernizado seu armamento de médio alcance já a partir de 1977, adiantando-se em relação aos países ocidentais. Em resposta, o presidente norte-americano Jimmy Carter chegou a ponderar o estacionamento da controvertida bomba de nêutrons na Europa, desistindo em seguida.
Em janeiro de 1979, finalmente, os chefes de Estado e de governo dos Estados Unidos, França, Reino Unido e Alemanha decidiram pressionar a União Soviética a participar de negociações de desarmamento, sob a ameaça de aumentar o arsenal no lado ocidental da Europa. Enquanto Moscou e Washington negociavam, as populações dos países da Otan iniciaram uma forte onda de protestos contra a corrida armamentista.
Como até 1983 não se tivesse chegado a um consenso, os norte-americanos começaram a trazer mísseis de médio alcance à Europa. Na Alemanha, foram estacionados 108 mísseis do tipo Pershing 2.
O fim do conflito entre Ocidente e Leste da Europa foi desencadeado em março de 1985, pelo então chefe de Estado e do partido comunista da União Soviética, Mikhail Gorbatchov. Dois anos mais tarde, os dois blocos decidiram a eliminação total dos mísseis nucleares de médio alcance na Europa.
  • Autoria Henrieke Scheidsbach (rw)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://dw.de/p/2xzZ

Nenhum comentário: