quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Professora do PPGH lança livro sobre catolicismo e sociabilidade intelectual

Foto: Reprodução
Obra será lançada primeiramente no Mato Grosso
Os estudos acerca do campo católico têm se mostrado cada vez mais diversificados, consolidados e profícuos, em especial aqueles que tomam como base os intelectuais e sua ação neste meio. Com o olhar voltado para este foco, a professora do Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) da Universidade de Passo Fundo (UPF), Gizele Zanotto, juntamente com o professor Cândido Moreira Rodrigues, da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), lançam a obra Catolicismos e sociabilidade intelectual no Brasil e na Argentina. A primeira apresentação do livro acontece no dia 17 de dezembro, às 19h, no Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) da UFMT.

A professora Gizele ressalta que nas últimas décadas o refinamento temático e teórico, assim como um olhar menos generalizante sobre a múltipla realidade católica, renovou qualificadamente a historiografia sobre as relações entre o catolicismo e as sociedades nas quais se insere. Para ele, no bojo dessa renovação e complexificação dos olhares analíticos, as pesquisas acerca dos intelectuais – religiosos ou leigos – e suas redes de sociabilidade vêm evidenciando interessantes articulações entre os campos religioso, político e cultural. “Criada a linha Sociabilidade intelectual católica na América Latina e estabelecido um grupo inicial de pesquisadores – que deve ser ampliado progressivamente –, esboçou-se como meta principal a reflexão sobre esse âmbito de estudos de modo mais articulado e consistente, visando não só a produção mais qualificada e relacional, como também a divulgação das produções já realizadas e em andamento”, destaca.

Segundo Gizele, esta obra resulta da perspectiva e proposta de aproximar pesquisadores, divulgar estudos e analisar as estruturas de sociabilidade intelectual católica forjadas no continente sul-americano.

Os organizadores
Cândido Moreira Rodrigues possui graduação (1999), mestrado (2002) e doutorado (2006) em História pela Universidade Estadual Paulista (Unesp/Assis), tendo sido orientado pelo professor Milton Carlos Costa. Atualmente é professor e pesquisador do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT/Cuiabá). É líder do Grupo de Pesquisa “História, Religião e Política”. É autor de: A Ordem: uma revista de intelectuais católicos (1934-1945). Belo Horizonte: Autêntica/Fapesp, 2005. Organizador de: Intelectuais & Comunismo no Brasil (1920-1950): Gustavo Barroso, Plínio Salgado, Alceu Amoroso Lima, Jorge Amado, Miguel Costa. Cuiabá: EdUFMT, 2011; autor de: Aproximações e Conversões: o intelectual Alceu Amoroso Lima no Brasil dos anos 1928-1946. São Paulo: Alameda, 2012. Organizador de Intelectuais e militância católica no Brasil. Cuiabá: EdUFMT, 2012.


Gizele Zanotto possui graduação (1999), mestrado (2003) e doutorado (2007) em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), tendo sido orientada na pós-graduação pelo professor Artur Cesar Isaia. Atualmente é professora e pesquisadora do curso de História e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Passo Fundo (UPF) e realiza pós-doutoramento junto à Universidade de Buenos Aires (UBA). É coordenadora do Grupo de Pesquisa “Núcleo de Estudos de Memória e Cultura” (NEMEC) e do Grupo de Trabalho de “História das Religiões e Religiosidades da ANPUH no Rio Grande do Sul” (GTHRR/RS - ANPUH). Entre outros, autora de: Tradição. Família e Propriedade (TFP): as idiossincrasias de um movimento católico no Brasil (1960-1995). Passo Fundo, RS: Méritos, 2012. Organizadora de: Religiões e Religiosidades no Rio Grande do Sul (Volume 1). Passo Fundo, RS: PPGH/UPF, 2012;  Momento Patrimônio - Volumes I e II. Passo Fundo, RS: Berthier, 2012, com Ironita Policarpo Machado.

A obra foi elaborada em parceria com a Editora da Universidade Federal do Mato Grosso.
 

Nenhum comentário: