segunda-feira, 31 de março de 2014

Nomes de praças, avenidas e ruas de Passo Fundo são tema de programa da UPFTV

Foto: Divulgação UPF
Professora Ironita Policarpo Machado mediou o debate, do qual participaram o historiador Fernando Miranda e o arquiteto Nino Machado

A UPFTV exibirá nesta sexta-feira (04/04), às 21h, o sétimo programa da série Momento Patrimônio. O programa traz como assunto os topônimos de Passo Fundo, ou seja, os nomes de algumas ruas e locais que contam parte da história do município, sua origem e evolução. Entre os espaços citados estão as praças Almirante Tamandaré, Ernesto Tochetto e Marechal Floriano; avenidas Brasil e Presidente Vargas; e também ruas como a Morom e a XV de Novembro.

A temática é debatida pelo empresário, historiador e presidente do Instituto Histórico de Passo Fundo Fernando Miranda e o professor e arquiteto Nino Machado. A professora do Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) Ironita Policarpo Machado mediou o programa, que contou ainda com a participação dos acadêmicos de História Augusto Diehl Guedes e Djiovan Weller Carvalho no vídeo de abertura.

O Momento Patrimônio é produzido e dirigido pelas jornalistas da UPFTV Afani Baruffi e Deisi Fanfa, e conta com imagens de Claiton Abreu, Gilmar Lima e Moacir Prestes. O programa vai ao ar nas primeiras sextas-feiras de cada mês, às 21h. Este episódio tem reapresentação no sábado (05/04), às 20h30min. Sintonize a UPFTV, em Passo Fundo, no canal 4 da TV aberta e 8 da TV a cabo. Os programas também podem ser assistidos pela internet, no canal do Youtube Momento Patrimônio.

O programa
O programa parte de um projeto de extensão desenvolvido pelos cursos de História e Jornalismo da UPF e conta com o apoio do Arquivo Histórico Regional (AHR) e do Museu Histórico Regional (MHR), com o suporte da Rádio UPF e da UPFTV. Em 2012, o programa recebeu o prêmio Darcy Ribeiro.


O projeto
A iniciativa propõe debates não pensando no congelamento ou na fixação da cidade antiga, mas no desenvolvimento da cidade atual coerente com a sua realidade histórica, de forma a assegurar o dinamismo de todo o urbano, junto do respeito ao patrimônio histórico.

Nenhum comentário: