terça-feira, 16 de setembro de 2014

Prédio do antigo Hotel Glória passa a integrar o Patrimônio Histórico do Município

Créditos: Rafaela Branco
Prédio do antigo Hotel Glória passa a integrar o Patrimônio Histórico do Município
O prefeito Luciano Azevedo determinou o tombamento do prédio do antigo Hotel Glória, como patrimônio histórico do município. Atualmente, o prédio abriga lojas, um restaurante e um bar.

O tombamento é um instrumento legal de proteção dos bens de interesse cultural para a sociedade, e tem como finalidade preservar a identidade do local e a história da cidade para as futuras gerações. Em Passo Fundo, a legislação prevê vantagens fiscais aos proprietários de bens tombados como forma de compensação e incentivo a preservação e manutenção do bem.

De acordo com a secretária de Planejamento, Ana Paula Wickert, a edificação apresenta equilíbrio formal e volumétrico. A reforma aconteceu em 2002, modificando completamente o interior da obra, mas preservando apenas o aspecto externo, alvo do tombamento.

O prédio do Hotel Glória faz parte do inventário do patrimônio histórico e arquitetônico realizado pela Universidade de Passo Fundo (UPF) e o seu tombamento foi uma solicitação do proprietário, o que demonstra a compreensão do valor social que a edificação possui para a história do município.

O prédio do Hotel Glória foi construído em 1927 pelo empreendedor José Knoll. A obra foi executada por Luiz Ricci, com o objetivo de servir aos passageiros da ferrovia, por isso sua proximidade com a estação férrea. Assim como ele, Passo Fundo viu a construção de diversos hotéis nessa mesma época, estruturados na linguagem do historicismo eclético.

O edifício tem dois pavimentos e forte marcação da esquina, porém, o acesso principal ao prédio acontecia pela Rua General Canabarro.

Fonte: O Nacional

Nenhum comentário: