segunda-feira, 25 de maio de 2015

"Ninguém nasce assim"

Cristiano Campos, professor de história do Colégio Pedro II (Campus Humaitá II), no Rio de Janeiro, produziu um documentário muito bacana chamado "Ninguém nasce assim?", com apoio do Laboratório de Humanidades do CPII. O objetivo do documentário (curta-metragem), feito em 2014, a partir de um fato de discriminação racial, é promover o debate em torno de questões referentes ao racismo. 

Alunos, professores e outros funcionários do colégio discutem diante das câmeras esse delicado (e urgente) tema de forma aberta, democrática e sincera. "Ninguém nasce assim" é um projeto inspirador para professores de história de todo país interessados em envolver os alunos de uma forma inovadora no processo de ensino-aprendizagem, visando a autonomia e o protagonismo destes no ambiente escolar. Quer conferir? Então, clique aqui. Quer conhecer mais sobre o Laboratório de Humanidades do CPII? Clique aqui

Nenhum comentário: