sábado, 19 de setembro de 2015

Arqueólogos descobrem ruínas de 16 pirâmides e tumba intacta em cemitério no Sudão


Dentro de uma das tumbas, equipe britânica por trás da pesquisa encontrou 100 pratos de cerâmica e os restos mortais de três crianças
Ruínas de 16 pirâmides com tumbas no subsolo foram encontrados em um cemitério próximo à cidade de Gemton no Sudão, nesta sexta-feira (18/09). Estima-se que elas tenham, pelo menos, 2.000 anos e tenham pertenciado ao reino "Kush", extinto no século IV d.C.
A descoberta foi feita por uma equipe de arqueólogos do Museu Britânico, liderada pelo curador da instituição, Derek Welsby.

A maior parte das tumbas foram roubadas e apenas uma permaneceu intacta. Dentro dela, a equipe encontrou 100 pratos de cerâmica e os restos mortais de três crianças.

Reprodução/You Tube

Resquícios de uma das 16 pirâmides descobertas no Sudão

Ao portal Live ScienceWelsby afirmou que seis das priâmides foram feitas de pedra e as outras dez de tijolos de lama. A maior de todas tem mais de dez metros de largura e uma altura de 13 metros, aproximadamente.

Em outra tumba, também foi descoberta uma mesa de oferendas feita em bronze e encravada com cenas religiosas, indicando o enterro de uma família rica.

Os pesquisadores acreditam que tempestades de areia acabaram por erodir e enterrar as pirâmides.
Fonte: Opera Mundi

Nenhum comentário: