sábado, 14 de novembro de 2015

Memórias do AHR discute o Almanach Bertrand

Almanach Bertrand - Acervos Privados AHR: Dr. Nicolau Araújo Vergueiro


Márcio Francisco Gerhardt (AHR)
lmanach Bertrand foi uma publicação das Livrarias AILLAUD e BRERTRAND  de Paris e Lisboa e co-impresso no Brasil pela Livraria Francisco Alves, no Rio de Janeiro.
Almanach teve a sua publicação entre os anos de 1899 a 1969. A publicação se constituiu num guia com toda sorte de piadas, poesias, poemas, calendários, artigos e muitas propagandas. Era composto e impresso nas oficinas das ARTES GRAPHICAS – PORTO (Portugal). O periódico contava com a colaboração de Frederico Oom, primeiro astrônomo do Observatório da Tapada, (Observatório Astronómico de Lisboa - OAL), e de Francisco Pereira de Figueiredo, Professor de Matemática do então Lyceu Camões (na ortografia Antiga).
A escola Liceu Camões foi fundada em 1902 e é a mais conceituada e com grande reputação entre as escolas secundárias que havia em Lisboa. O Almanach era muito informativo acerca de questões de astronomia e cotidiano: divulgava as fases e eclipses lunares no ano, perigeu e apogeu, bem como ciclo das estações. Informando ainda os planetas que seriam visíveis no ano em que o Almanach estava mencionando, e experiências que poderiam ser feitas com materiais que se achavam em casa.
Em algumas edições o Almanach trazia reproduções de obras de artistas renomados, e ditados populares, como podemos verificar no Almanach Bertrand de 1924, que traz uma reprodução de uma obra de Ludwig e uma citação referente ao início do mês de maio – “Maio hortelão, muita palha, pouco pão”. Na mesma edição ainda temos o adágio - “A quem em maio come sardinha, em agosto lhe aplica a espinha”
O periódico trazia muitas questões de matemática aplicada, com fórmulas que eram facilmente utilizadas na vida cotidiana. O Almanach possuía uma seção literária, científica, artística e recreativa, onde trazia textos acerca de figuras influentes, poemas e havia reproduções de documentos históricos, como uma carta de D. João IV sobre a batalha de Montes Claros (Almanach de 1924).
O AHR, em um de seus Arquivos Privados conta com 17 volumes do Almanach Bertrand, sendo o primeiro de 1924 e o último de 1956. As obras reproduzem o pensamento e costumes da uma época e caricaturamente a situação social de Portugal e suas relações com a Europa. Estes volumes fazem parte da coleção Nicolau Araújo Vergueiro, e estão disponíveis à consulta e pesquisa.
Fonte: o Nacional

Nenhum comentário: