segunda-feira, 16 de maio de 2016

1929: Primeiro Oscar

No dia 16 de maio de 1929, a Academia de Arte Cinematográfica e Ciências, criada dois anos antes, concede num hotel em Hollywood, pela primeira vez, prêmios aos melhores filmes.
Oscar Statue Roter Teppich
O Prêmio da Academia foi criado a 11 de maio de 1927, num banquete da recém-criada Academy of Motion Pictures Arts and Sciences. A ideia de agraciar os destaques do cinema com um prêmio foi de Louis Mayer, então presidente dos estúdios Metro-Goldwyn-Mayer (MGM).
A estatueta, mais tarde batizada de Oscar, foi criada por Cedric Gibbons, diretor de arte da MGM. Ela representa um cavaleiro com uma espada, de pé sobre um rolo de filme. As cinco divisões do rolo simbolizavam as cinco categorias em que o prêmio era distribuído: atores, diretores, produtores, técnicos e roteiristas.
Em 1928, a estatueta foi fundida em bronze pelo escultor George Stanley e revestida com uma fina camada de ouro. Desde 1930, no entanto, sua produção ficou um pouco mais elaborada, sendo inicialmente fundida em metal bretanha, depois cobre, seguido de níquel e prata. Cada etapa é seguida de um polimento especial, até finalmente o revestimento com a fina camada de ouro.
Prêmios incomuns
Ao longo da história, entretanto, também foram distribuídos alguns prêmios incomuns. Como os de Edgar Bergen, em 1937, que recebeu uma estatueta de madeira com queixo móvel, e Walt Disney, que em 1938 levou um Oscar com sete miniaturas, para Branca de neve e os Sete Anões. Durante a Segunda Guerra Mundial, o cobiçado prêmio foi entregue em gesso aos agraciados, que puderam trocá-lo pelo original em metal depois do final do conflito.
Oficialmente, o Oscar chama-se The Academy Award of Merit. Seu apelido surgiu em meados da década de 30. A versão mais divulgada é que a então secretária da Academia, Margaret Herrick, teria dito ao ver a estatueta pela primeira vez: "Mas parece com meu tio Oscar".
A primeira cerimônia de entrega do prêmio aconteceu durante um banquete no Hollywood Roosevelt Hotel, dia 16 de maio de 1929, quando o filme sonoro ainda engatinhava. 250 membros da academia pagaram 10 dólares para participar da festa. O júri de cinco pessoas decidiu sobre os 15 Oscars: o melhor ator foi o alemão Emil Jannings, pela sua participação em The Way of All Flesh.
Nos primórdios do Oscar, a lista dos vencedores era dada à imprensa de antemão, que só podia publicar a lista às 23 horas. Quando, em 1940, um jornal de Los Angeles furou a divulgação, foi introduzido o sistema dos envelopes lacrados.
No começo, eram concedidos dois prêmios aos melhores atores e atrizes, e um Oscar para o melhor filme, melhor diretor, melhor roteirista, câmera e direção de arte. Além disso, já na primeira edição, em 1929, foram concedidos prêmios especiais à Warner Brothers pela produção do primeiro filme sonoro e para Charlie Chaplin pelo Circo.

Nenhum comentário: